MARTE

em Áries

Em domicílio, Marte consegue expressar suas qualidades, as benesses intrínsecas à sua natureza.
Ares, como é chamado na mitologia grega, é definido em sânscrito como “o que entra em furor”, e mitologicamente como aquele que é “dotado de coragem cega e brutal, e que representa o espírito da batalha que se rejubila com a carnificina e o sangue”. Tem como contraponto Atena, deusa da guerra que guerreia guiada não pelo calor da fúria, mas pela frieza estratégica da razão. Por isso, ao contrário do que acontece com Atena, apesar da coragem, verdade e honra que lhe são características, Ares ou Marte, o deus da guerra por excelência, sempre perde suas batalhas. O deus da guerra não sabe guerrear.
Assim, em astrologia, a ira, força motriz de suas guerras, surge como debilidade — caracterizando Marte em seu exílio ou queda. No domicílio e na exaltação, essa energia ou força, que descontrolada se expressa destrutivamente no furor e na ira, é canalizada em ações que servem a realização do que parece ser um impulso de vida.
A dignidade de Marte é expressa como vitalidade, energia que movimenta, se reinventa e persiste.
Mas seja como for, Marte continua sendo Marte!

Em seu domicílio diurno, Marte é um conquistador em busca de liberdade para agir a seu modo, adotando muitas vezes uma postura que soa como “cada um por si e deus por todos”, mas que é motivada não por um sentimento individualista, se não pela necessidade de manter-se fiel a si mesmo — viver segundo a própria verdade é uma questão de honra.
Outra característica digna de nota é decorrente do calor e da secura, qualidades naturais a esse planeta, reforçadas em Aries, bastando uma faísca para que a natureza ígnea de Marte se acenda em agitação e irritabilidade.

Brusco mesmo em suas melhores versões, Marte será sempre atrito.
Atrito um tipo de força que está presente quando duas superfícies entram em contato: é desarmonia, desavença e conflito, mas é também o que impulsiona a ir em frente, visto que caminhar é fruto do atrito entre os pés e o chão. Acelerar, desacelerar e mudar de direção é coisa de Marte!

☽❍☾ AGENDE A LEITURA DO SEU MAPA☽❍☾

Visite o canal no YouTube

Publicado por Nicole Zeghbi

Nascida em Curitiba, a astróloga, idealizadora da Astrolábio - Revista de Astrologia, dedica-se ao estudo da astrologia tradicional, à escrita astrológica e à leitura de mapas em atendimento pessoal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: