Andrômeda representa sacrifícios, infortúnios trazidos pela vida que independem de escolhas e atitudes.
A Princesa foi amarrada em uma pedra, e foi oferecida em sacrifício a Cetus, monstro marítimo, para salvar o Reino de Etiópia, ameaçado pela soberba de sua Rainha – mãe de Andrômeda, que afirmou que sua filha era mais bela que as Nereidas.
Em castigo a desmesura de Cassiopéia Poseidon enviou Cetus para destruir o Reino, que só poderia ser salvo se Andrômeda fosse oferecida ao monstro em sacrifício.
Andrômeda, resignada, aceita seu destino e caminha lívida ao encontro do seu algoz.
Prestes a ser devorada é salva por Perseu, que em nome da mão e posse da donzela se compromete a libertá-la da terrível ameaça.

andromeda astrologia