“O pintor holandês é considerado uma das figuras mais famosas e influentes da história da arte ocidental. Ele criou mais de dois mil trabalhos em pouco mais de uma década, incluindo por volta de 860 pinturas a óleo, a maioria dos quais durante seus dois últimos anos de vida.”

Mentalmente instável, sofria com Seus delírios e surtos psicóticos, que resultaram em inúmeros internamentos, sendo o saturnismo[1], nome dado à intoxicação por chumbo, metal associado ao planeta Saturno, apontado atualmente por alguns como a possível causa da doença psíquica do pintor.

astrologia saturno

Van Gogh, Céu Estrelado

A fama – Meio do Céu e Fortuna

Nascido em 30/03/1853, Vincent Willem Van Gogh é considerado um dos artistas mais influentes dos últimos tempos, embora seu reconhecimento tenha se dado apenas depois de sua morte.

O sucesso pós morte pode ser visto na quadratura da Lua e do regente do MC, Júpiter, à Vênus 28♓02 conjunta ao MC, regente da casa IV (fim das coisas, subterrâneo).  Outro testemunho é a oposição de Vênus 01 ♎ 57 na IV (Antíscia) à Fortuna 02 ♈ 20 na X, significadora de reconhecimento e fama.

 

O suporte do irmão

A fonte primária sobre a vida e obra de Vincent van Gogh é a correspondência trocada entre ele e seu irmão mais novo, Theo van Gogh, que ofereceu suporte financeiro e emocional ao pintor.

O Sol, regente da casa II (ganhos financeiros), faz antíscia na III (dos irmãos) em 20 ♍21, aspectando por quadratura a Lua, significadora das emoções e regente do Ascendente. Outro testemunho é dado por Saturno 15♉ 57 . O regente do lote dos irmãos, 29♒34, está na casa XI, a que oferece suporte à vida profissional, e faz antíscia na casa II.

Os problemas psíquicos e o saturnismo

O pintor holandês sofria de apatia e crises de delírios. Depois de sua morte, muitos médicos tentaram diagnosticar sua doença. O consenso foi epilepsia, potencializada pelo consumo de absinto, bebida forte e alucinógena.

Em 2008, no Journal of Medical Biography, o geriatra americano Edward Weissman deu outra pista: o saturnismo. Van Gogh foi visto levando o pincel com tinta a óleo à boca inúmeras vezes, e em um dos asilos em que esteve foi visto bebendo querosene de lamparina, provavelmente uma alternativa a falta de bebida alcóolica. O chumbo contido em ambos foi se acumulando no organismo e envenenando o pintor.

As questões psíquicas são representadas pelo dispositor da Lua, pelo regente do Ascendente e pela própria Lua, já que é a significadora das emoções.

A Lua 20♐44, regente do Ascendente, encontra-se na casa VI (doenças e infortúnios), conjunta ao seu dispositor Júpiter 24 ♐16, que tem Ras Alhague[2] junto a ele, estrela ligada à ingestão de substâncias venenosas. Os dois planetas estão em aversão ao ascendente, ou seja, sem ser visto por ele – o veneno é ingerido sem que ele se dê conta.

O saturnismo pode ser visto:

  1. no aspecto entre Mercúrio, regente da XII, significadora das doenças psíquicas, na casa X, Júpiter domiciliado na VI e a regente do ascendente. Os regentes das casas maléficas nos termos de Saturno comprometendo a saúde física e psíquica do nativo de uma forma saturnina e ligando a profissão do nativo a essas questões.
  2. na quadratura por antíscia entre a Lua e o Sol. O regente da II, significadora do que é ingerido, de tudo que “entra pela boca”, e a Lua testemunham sobre os infortúnios causados pelo grande consumo de bebida alcóolica, que de forma indireta levou a intoxicação por chumbo.

 

mapa astral horóscopo

30 março 1853 11h00 
Zundert, Netherlands, 51n28, 4e40
Rodden Rating AA
Fonte: Astro databank

Fontes: Wikipedia, Revista Época online, Infoescola

[1] Saturnismo é o nome dado a intoxicação por chumbo, metal associado ao planeta Saturno, sendo a confusão mental um de seus sintomas. O chumbo é/era encontrado em tinta e vernizes, e o hábito de levar à boca pincéis com fragmentos de tinta também causou a doença em Caravaggio e Goya.

[2] A estrela alfa de Ophiucus representa Asclépio, que ao observar uma serpente percebeu que cura e veneno estavam juntos.