É amplamente conhecido o conceito de “o grande maléfico” atribuído a Saturno na astrologia tradicional..

O que nem todo mundo sabe é que a raça de ouro, cujos homens viviam como deuses, teve Saturno como governante*.

O mesmo Saturno, que segundo Platão representa a consciência em sua forma mais pura, transita a última esfera celeste, sendo assim o planeta mais próximo de Deus.

Quem sabe o entendimento das limitações intrínsecas à natureza de sua alma, seja o mais próximo que o homem possa estar do divino.

*Hesíodo, “Teogonia.