ares-marte astrologia

O Guerreiro se exila em Libra.  Sua natureza quente e seca não consegue se manifestar satisfatoriamente no signo cardinal do ar. Servir aos propósitos librianos de conexão com o outro, harmonia, diplomacia e diálogo é bastante desconfortável à natureza aguerrida de Marte, que se coloca no mundo como um soldado sempre disposto conquistar e não costuma abrir mão de suas escolhas por ninguém. O desconforto encerra a inaptidão, e é essa a grande questão do exílio.

Marte se dispõe a realizar o que lhe é solicitado em Libra mas não tem talento nenhum para fazê-lo de forma eficiente.

“Onde queres o ato, eu sou o espírito
E onde queres ternura, eu sou tesão

Onde queres prazer, sou o que dói
E onde queres tortura, mansidão
Onde queres um lar, revolução
E onde queres bandido, sou herói”  (Caetano Veloso)

 

 

P.S: As condições de Vênus, dispositora de Marte nesse caso, são fundamentais para determinar suas diferentes nuances  nessa posição.