Giuliano mognini mapa astral

 

Retomando o caso Amanda Knox, apresento o mapa de GIULIANO MOGININI, promotor responsável pelo caso.
Em 2007, quando Meredith Kercher foi assassinada, seu Ascendente dirigido estava em 23 de Áries, nos termos de Marte, o que o torna o Senhor dos raios nesse ano.
A direção do Ascendente alcança o Sol na Casa III e ativa a estrela Baten Kaitos, da constelação de Cetus. O Sol é regente da Casa VII, o inimigo a ser combatido. O inimigo, Amanda Knox, foi sacrificado – Baten Kaitos – pelo bem de todos – Sol disposto por Marte, também regente da Casa X.
Repito aqui parte do texto publicado no artigo sobre Amanda Knox, onde curiosamente a constelação de Cetus foi igualmente ativada em 2007:
“Cetus é o monstro enviado por Poseidon para matar Andrômeda. A investigação e a mídia são monstros quando se tornam ferramentas para afirmação do poder e manipulação da verdade.
Andrômeda foi amarrada em uma pedra e oferecida em sacrifício a Cetus para salvar o Reino de Etiópia.
A cidade de Perugia, onde aconteceu o crime, precisava de um culpado, alguém que mantivesse a ilusão de segurança e a imagem do poder policial, salvando assim toda a Perugia de seus monstros. Amanda foi a Andrômeda de Perugia.”

Marte, o senhor dos raios, está na Casa VIII, conjunto a Menkar, outra estrela da constelação de Cetus, apontando imoralidade e morte violenta. Marte também rege a X, o que faz do assassinato – Casa VIII – de Meredith Kercher um caso popular.
Sua conjunção com Saturno, regente do Ascendente, leva o caso a GIULIANO MOGININI, nomeado promotor do caso. Giuliano passa a integrar a equipe investigativa e judicial, buscando informações para que o culpado seja descoberto punido – por antíscia Marte e Saturno, dispostos por Mercúrio.

Marte em Virgem é a ação cirúrgica e precisa agindo aqui nos assuntos da Casa VIII. Seu dispositor Mercúrio, na Casa IV, o coloca em busca de informações ocultas, as provas do crime – Marte Virgem na VIII.
Mercúrio faz trígono aplicativo e recebe Saturno. Saturno, ou Giuliano, busca Informações periciais – Mercúrio – sobre a morte – Saturno conjunto a Marte na VIII. Mercúrio se aplica também a Marte: as informações periciais do assassinato são corrompidas – a imoralidade indicada por Menkar – e ocultas – Marte rege X mas está na VIII).

Outro testemunho da desonestidade das informações levadas a público é o lote da traição e desonestidade (ASC + Sol – Marte / Form. Noturno), 12 de Virgem na VIII com Saturno e Marte.

Mercúrio conjunto a Markab, a estrela alfa da constelação de Pegasus aponta o desfecho, o fim das coisas (Mercúrio Casa IV).
Pegasus nasce pela morte da Medusa, do seu sangue. Seu voo é uma forma de chegar ao sucesso, mas também pode derrubar os que se deixam levar pela sede de poder. Talvez Pegasus seja a própria Medusa, aquela que a morte liberta da maldição para que os desejos irrefreados, como o que a arruinou, sejam castigados.
A sede de poder e de reconhecimento levam Giuliano e a mídia ao chão.
Em 2011, um relatório forense aponta que as evidências de DNA utilizadas para condenação de Amanda Knox não são confiáveis – Marte Menkar.
A retratação, feita na medida em que Amanda é absolvida, tem testemunho na retrogradação de Marte e Saturno. Giuliano e a mídia têm que voltar atrás no que disseram.

A profecção de casa X é mais um testemunho dos assuntos de Marte no ano de 2007. Marte como Senhor do ano, deposita em Giuliano o peso da imoralidade da manipulação das provas.

Um último ponto que gostaria de destacar é a estrela Algorab, da Constelação do Corvo, no Ascendente de Giuliano Moginini testemunhando seu envolvimento em outros caso polêmicos e sombrios onde sua conduta ética e profissional também foi questionada.