Vale Quanto pesa? Antares e o “absurdo” na obra de Albert Camus

Ao me deparar com o mapa de Albert Camus pela primeira vez, em um grupo de estudo sobre estrelas fixas, me apaixonei assim que bati o olho em Antares na casa IV. É o encanto provocado pela conexão da estrela com um dos conceitos filosóficos da obra de Camus, desconhecido por mim até aquele momento,Continuar lendo “Vale Quanto pesa? Antares e o “absurdo” na obra de Albert Camus”